sexta-feira, março 18, 2005

Outro equilíbrio

Continuando o tema do equilíbrio, a minha forma de o manter/reencontrar é totalmente oposta à do Eduardo...
Procuro concentrar-me não nos "extremos", mas antes no valor daquilo que procuro atingir; ou seja, tentando desfocar-me da ideia dum prazo mais ou menos curto em que atingirei o tal objectivo, e em alternativa focar a ideia de que se desistir... não chego lá, logo, tenho, porque tenho, de continuar a caminhar...
Não sei quando chego mas não posso parar... senão não chego!
Esta forma de pensar tem-me ajudado por um lado a não desistir, por outro a procurar respeitar os meus ritmos, não exagerando e procurando não atingir níveis de stress tão elevados que se tornem ingeríveis.
Ao fim e ao cabo, equilíbrio significa arranjar formas de não entrar em ruptura, significa descobrir por um ou outro meio de que há algo em nós que vale o suficiente para que nos dispunhamos a lutar... pelos dias melhores que certamente chegarão!