domingo, julho 10, 2005

O Mundo, segundo a visão feminina

Na minha modesta opinião de mulher que funciona com mais do que a intuição, dita, feminina, o Mundo é apenas um. Graças a Deus! Diferenciar os géneros com base na razão e na intuição parece-me, demasiado, castrador. Que monotonia se, os homens fossem donos e senhores da racionalidade enquanto as mulheres se limitavam a funcionar através da sua intuição!... Que enfadonhos seriam os homens!... Sim, alguns são-no, efectivamente. São chatos e previsiveis no uso da sua razão (de tal modo que nos parecem irracionais!). Um mundo gerido ao sabor da intuição feminina, no seu aspecto mais puro, tinha a possibilidade de ser, pelo menos, bem mais interessante...
Quanto ao tempo... o presente é tão efemero que, se nos pomos a pensar, o resumimos a um momento. Só o passado existe e, vamos lá, a promessa do futuro. Por isso eu, como o JP, o poeta, digo que "o tempo somos nós"